O revival de Gilmore Girls nunca pareceu tão real. O jornalista do TVLine Michael Ausiello já assistiu aos quatro episódios de Um Ano para Recordar e acabou de publicar sua opinião. Abaixo, trazemos a crítica traduzida:

“O Musical de Stars Hollow é dois minutos mais longo que o necessário. E essa é minha única crítica negativa em relação a Gilmore Girls: Um Ano para Recordar.

Estou aqui para garantir a você – um fã de Gilmore para outro – que o revival atende às expectativas. Meu Deus, e como atende!

A criadora da série Amy Sherman-Palladino e o produtor executivo Daniel Palladino deram a este fã de longa data a conclusão que ele esperava há quase uma década.

Sei que você está pensando: ‘É claro que você vai dizer isso. Você não só está no revival, como tem contato com todo o elenco e equipe!’ E é por isso que solicitei uma outra crítica ao meu colega do TVLine Dave Nemetz, que será publicada ainda hoje.

É o seguinte: Eu assisti a Um Ano para Recordar com expectativas moderadas. Após me deparar com revivals que nunca deveriam ter acontecido (Arquivo X, Arrested Development), eu estava pronto para ter meu coração partido. E se isso acontecesse, eu encontraria uma forma gentil de te contar. Mas não. Superou demais minhas expectativas. E acredito que vai superar as suas também.

Se você quer mais detalhes e pequenos spoilers, continue lendo abaixo para saber os 10 destaques de Um Ano para Recordar, na minha opinião:

Lauren Graham entrega a performance de sua carreira

Reprodução / Netflix
Reprodução / Netflix

Como eu senti falta de Lauren Graham! Ela que, em menos de 30 segundos, consegue perfeitamente ir da comédia leve para o drama pesado enquanto solta 30 sílabas sem parar para tomar fôlego. Mas Graham não só reprisa seu papel após quase 10 anos. Ela leva Lorelai a um nível novo e impressionante, ao mesmo tempo atendendo e surpreendendo minhas expectativas. É uma performance familiar mas também inesperada.

A presença de Edward Herrmann toma conta

Reprodução / Netflix
Reprodução / Netflix

A morte de Richard é sentida em todos os quatro capítulos (principalmente ‘Inverno’ e ‘Outono’) e em muitos momentos é o que move o enredo. É difícil imaginar uma despedida mais elegante ao personagem – e ao ator.

Há divertidas surpresas no elenco

Reprodução / Netflix
Reprodução / Netflix

Nós já sabemos do retorno de Melissa McCarthy como Sookie (e é, sem dúvida, um momento maravilhoso), mas há também algumas participações muito legais que não vazaram. E você vai ficar feliz por não terem vazado.

É necessário assistir mais de uma vez

Saeed Adyani / Netflix
Saeed Adyani / Netflix

A velocidade dos diálogos atinge seu máximo no revival. Confie em mim: Você vai perder algumas piadas na primeira vez que assistir.

Kelly Bishop é um tesouro nacional

Saeed Adyani / Netflix
Saeed Adyani / Netflix

Um fato concretizado em ‘Outono’. Eu não vou nem dar pistas do momento mais agradável do revival. Você vai saber quando acontecer.

As cenas de Lorelai e Emily na terapia são uma obra de arte

Saeed Adyani / Netflix
Saeed Adyani / Netflix

Aliás, estou exigindo um quinto episódio só das duas sendo passivo-agressivas e discutindo sua bagagem emocional na frente de Kerry Butler, a terapeuta.

Todos os personagens coadjuvantes estão ótimos

Saeed Adyani / Netflix
Saeed Adyani / Netflix

Principalmente a Paris de Liza Weil (que encontrou a profissão perfeita) e o Kirk de Sean Gunn (que está se desdobrando para criar um porco e lançar um aplicativo de carona). E se você se considera um membro não-oficial da Brigada de Vida e Morte, sua fidelidade será recompensada.

O melhor episódio é ‘Outono’

Reprodução / Netflix
Reprodução / Netflix

O último capítulo entrega algumas das cenas mais emocionantes e incrivelmente bem feitas. É a conclusão perfeita não só para Um Ano para Recordar como para a série toda.

Por ordem de preferência, eu classificaria os episódios assim:
Outono (Episódio 4)
Inverno (Episódio 1)
Primavera (Episódio 2)
Verão (Episódio 3)

Me deixou querendo mais, mas…

Saeed Adyani / Netflix
Saeed Adyani / Netflix

… eu vou ficar muito satisfeito se esse for o final da história.

As quatro palavras finais são perfeitas

Saeed Adyani / Netflix
Saeed Adyani / Netflix

E isso é tudo o que eu estou legalmente autorizado a dizer sobre elas.”

Leia outras notícias aqui. Siga, também, o #GGBR no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook, ouça nossas playlists no Spotify e se inscreva no nosso canal no YouTube.