Durante o final de semana a revista Entertainment Weekly realizou o EW PopFest, evento que reuniu em Los Angeles atrações da música, televisão, cinema e literatura. Os responsáveis por Gilmore Girls — a criadora Amy Sherman-Palladino e seu marido, o produtor Daniel Palladino — estiveram em um dos painéis e falaram sobre o revival, além de terem liberado uma prévia do que está por vir com seis cenas inéditas. Traduzimos as partes mais importantes da entrevista e você confere a seguir.

Reprodução / YouTube

“Preciso falar que não há nada mais confortável do que estar sentada enquanto outras pessoas assistem ao seu trabalho”, brincou Amy após a exibição das imagens. “Algo em Gitmo [referindo-se à Baía de Guantánamo], talvez, fosse mais prazeroso?”. Seus diálogos rápidos seguidos por várias referências durante o painel foram definitivamente no estilo Gilmore, e ouvindo ela e Dan falarem sobre Um Ano para Recordar foi quase como assistir Lorelai e Rory fazendo piadas sobre Cop Rock.

Embora muita coisa tenha permanecido igual quando se fala de Rory, Lorelai e todos os moradores de Stars Hollow, muita coisa mudou nesses nove anos desde que a série terminou. Para começar, um revival nesse formato em uma plataforma como a Netflix, por exemplo, não teria sido possível em 2007. “Foi uma grande oportunidade fazer em um formato não-tradicional”, revela Palladino. “Chegamos com essa ideia de fazer quatro filmes de 90 minutos e é o que mais nos deixa animados com tudo isso”.

Apesar de rumores sobre esse retorno durante anos, não parecia algo possível até o elenco se reunir no ATX TV Festival no ano passado. “Todo mundo estava meio que semi-disponível naquele momento. Começamos a falar com eles sobre o assunto e todos pareciam realmente interessados”, relembra Amy. “Todo mundo ainda estava bem, o que é muito importante”, ela complementa.

Felizmente, escrever no jeito Gilmore de ser foi mais fácil do que nunca. “Essa m**** está em nosso DNA agora”, ela diz. “Muito disso ainda estava lá. E qualquer coisa que não estivesse, tínhamos umas meninas jovens — que nem vocês, p**** — de olhos bem arregalados e bem stalkers trabalhando para nós. Sempre podíamos perguntar a elas coisas como ‘qual era a cor da cueca do Luke…?’ ‘ELE USOU XADREZ! Menos na quinta temporada, no episódio tal…’ e por aí vai. Sempre tínhamos pessoas por perto para nos lembrar dos detalhes”.

Reconstruir fisicamente o mundo de Gilmore Girls foi um desafio e tanto, já que eles não tinham desenhos ou plantas dos cenários para se guiarem. Eles se basearam assistindo os episódios antigos (“é como assistir episódios antigos de Heróis Fora da Órbita“, explicou Dan Palladino). Amy relembra que a primeira versão da mansão dos Gilmore era muito pequena — “igual uma casa de bonecas” — para Edward Herrmann, mas que a nova é muito maior. “Finalmente era grande o suficiente para Ed e ele não estava mais lá”, ela disse, ainda acrescentando que “Ed continua importante. Ele era importante em vida e será ao longo desses episódios”. Confira no vídeo a seguir:

Por mais que amemos as garotas, é o enorme elenco de apoio que realmente dá a Stars Hollow seu ar pitoresco, e a maioria deles irá voltar no revival.  “Coisa boa não há de sair dali, o que é algo muito mais divertido de escrever”, Sherman-Palladino diz. Portanto, espere por pelo menos duas reuniões da cidade e um festival em Stars Hollow.

Enquanto o estúdio foi bem flexível deixando que os produtores colocassem personagens menores — “eles diziam ‘bem, você não pôs fogo na casa ainda, então vá em frente'” Amy relembra, quando se tratava de escalar novos moradores —, a Warner Bros. foi bem menos entusiasta em relação às escolhas das participações. “Quando eles queriam algum famoso, queriam Britney Spears, Justin Timberlake e a gente queria a Madeleine Albright”, ela diz. “Era muito, muito surreal ter Norman Mailer, autor de The Executioner’s Song, falar sobre Sookie e sobre o que ele iria fazer na série“, Palladino acrescenta.

A aos fãs que odiaram a sétima temporada, podem respirar aliviados: Amy Sherman-Palladino sente que eles conseguiram exatamente o que planejaram com esses novos episódios. “Espero que todo mundo fique satisfeito, emocionado e encantado”, ela diz. “Se não ficarem, não faço ideia do que dizer a vocês, p****”.

Gilmore Girls: Um Ano para Recordar chega no catálogo da Netflix dia 25 de novembro.

Leia outras notícias aqui. Siga, também, o #GGBR no Twitter, Instagram, curta nossa página no Facebook, ouça nossas playlists no Spotify e se inscreva no nosso canal no YouTube.
  • Vanessa Reis

    SÓ VEM!!!