More
    PUBLICIDADE

    25 curiosidades que nunca te contaram sobre Gilmore Girls

    Reunimos mais preciosidades da série que nunca cansa de nos surpreender com seus segredos dos bastidores.

    Data:

    Em 2016 nós mostramos 23 coisas que você não sabia sobre Gilmore Girls. Agora, 6 anos depois, estamos aqui novamente reunindo mais curiosidades da série que nunca cansa de nos surpreender com seus segredos dos bastidores.

    1. A verdadeira DAR 🫖

    Saeed Adyani / Netflix

    Criada em 1890, a Daughters of the American Revolution é uma organização sem fins lucrativos e possui atualmente 190 mil membras ativas. Em Gilmore Girls, Emily é bem ativa na organização dos eventos beneficentes. Na vida real, várias personalidades passaram por lá ao longo dos anos e para fazer parte, é preciso preencher vários requisitos, como por exemplo, ter algum ancestral que fez parte do seleto clã. Leia o artigo completo aqui.

    2. Stars Hollow da vida real 🏙️

    Netflix, Inc.

    Amy Sherman-Palladino sempre gosta de viajar para escrever suas histórias. E durante a viagem que escreveu a premissa de Gilmore Girls, ela teve a inspiração que precisava para criar o universo pitoresco de Stars Hollow em Washington Depot, Connecticut. Já mostramos aqui no site todos os detalhes desse processo criativo, com fotos dos lugares reais e os da ficção.

    3. A carta de Lorelai ✉️

    Warner Bros. Television

    No episódio “Just Like Gwen and Gavin” (T6E12) Rory recebe uma carta entregue por Logan e escrita por Lorelai, pedindo a ela que perdoasse o namorado. O objeto de cena está em exposição na Warner para quem faz o passeio pelos estúdios e já traduzimos a carta na íntegra.

    4. Jackson duraria só três episódios 🥬

    The WB / Ron Batzdorff

    De acordo com o próprio Jackson Douglas (sim, o ator tem o mesmo nome de seu personagem), ele foi escalado apenas para uma pequena participação de três episódios. Mas quando a criadora e roteirista Amy Sherman-Palladino viu a química inegável entre ele e Melissa McCarthy (Sookie), acabou promovendo-o para o elenco recorrente. Jackson disse que foi “tão fantástico” trabalhar com Melissa e que era muito fácil de contracenar com ela por causa da sintonia dos dois em frente às câmeras.

    5. Dave Rygalski da vida real 🧑‍🤝‍🧑

    Arquivo Pessoal / David Rygalski

    Dave e Helen se conheceram há mais de 20 anos e estão juntos até hoje. O casal trabalhou por trás das câmeras em Gilmore Girls. Ela, como produtora e ele tocando as músicas da Hep Alien enquanto a banda apenas fingia tocar. E foi neles que Amy se inspirou quando criou o casal Lane e Dave. Puro amor, né? Entrevistamos Dave em 2020 e ele nos contou diversas curiosidades sobre sua vida de casado com Helen.

    6. Os óculos escuros do Morey* 😎

    Warner Bros. Entertainment Inc.

    O ator Ted Rooney contou ao escritor Aaron Berman que a produção o obrigava a usar seus óculos escuros o tempo inteiro. “De vez em quando eu os tirava ‘acidentalmente’ na esperança de que ninguém notasse, mas imediatamente alguém gritava ‘Ted, os óculos!’,” relembra. Até Sally Struthers (Babette) tentava ajudá-lo. Na cena do jantar Bracebridge, filmada em estúdio, ela sugeriu que Ted tirasse o adereço, já que não havia necessidade de usá-lo. A produção foi irredutível, alegando que fazia parte de seu personagem. “Não faz sentido algum”, reclamava a atriz. Provavelmente, mais uma das excentricidades de Amy Sherman-Palladino.

    7. Contratado sem ter um personagem 😱

    © The WB / Randy Tepper

    Antes mesmo de Jess existir, Amy Sherman-Palladino sabia que queria Milo Ventimiglia em sua série. Quando ele fez a audição, Amy e seu marido, o produtor Daniel Palladino, ficaram encantados com o jovem ator. Em 2015 ela contou ao The Huffington Post que o achou “fofo” e tratou de contratá-lo antes que alguém o fizesse. Sherman-Palladino fala sobre isso em seu discurso na cerimônia de entrega da estrela de Milo na Calçada da Fama.

    8. Sookie seria lésbica no roteiro original 🏳️‍🌈

    The WB / Richard Cartwright

    Uma das vontades de Amy Sherman-Palladino era que Sookie fosse lésbica, porém a alta cúpula da emissora não aprovou. Durante o painel do ATX TV Festival em 2015, ela disse que “as coisas eram diferentes naquela época. Os canais eram bem diferentes na forma com a qual lidavam com isso. Então, Sookie originalmente seria lésbica mas isso não foi permitido.”

    9. Medo de altura* ☂️

    © The WB / Mike Ansell

    Em Gilmore Girls, Logan era um aventureiro e pronto para tudo, tal qual o lema da Brigada de Vida e Morte – In omnia paratus! Mas isso ficava apenas na ficção. Na vida real, o ator Matt Czuchry não é muito fã de lugares altos. O próprio Matt contou no livro The Gilmore Girls Companion que morre de medo. “Tenho pavor de altura na vida real, então eu não fiz aquela cena que vocês viram em ‘You Jump, I Jump, Jack’ (T5E7). Mas no que se refere ao senso de aventura, grandes gestos e espontaneidade do Logan, esses são os elementos que absorvo dele e tento aplicar na minha vida.”

    10. Não conseguiram 👎

    Reprodução

    Todo grande ator um dia foi um mero aspirante ao estrelato. E com esses quatro não foi diferente. Lá atrás, bem no começo de suas carreiras, todos fizeram teste para Gilmore Girls e não conseguiram nem mesmo uma pontinha. Anna Kendrick contou ao New York Times (via Hello Magazine) que não sai da sua mente o fato de ela nunca ter conseguido ao menos uma participação especial na série. Chris Evans, o eterno Capitão América, tentou, tentou, mas não deu. Mara Casey, a outra produtora de elenco da série, revelou durante um painel do GG Fan Fest que o ator fez incontáveis audições e não passou em nenhuma. Chris Pine disse à W Magazine que o primeiro teste de sua carreira foi para Gilmore Girls e seu pai, o ator Robert Pine, arranjou o teste para o filho. Ryan Gosling fez teste para um jogador de futebol americano e não conseguiu. Ele foi recomendado pela diretora de elenco Jami Rudofsky mas não impressionou a direção da série, o que fez Jami não ter onde enfiar a cara no dia. “Ficou todo mundo tipo, ‘é sério, Jami?’”, relembrou ela à Hello Magazine.

    11. O oposto de Emily* 💄

    Warner Bros. Entertainment Inc.

    Embora Emily Gilmore deixasse suas empregadas à beira de um ataque de nervos, Kelly Bishop era o oposto de sua personagem e frequentemente se via colocando as atrizes que as interpretavam debaixo de suas asas. Kelly conta que as atrizes esperavam de 12 a 14 horas no estúdio até gravarem suas cenas e muitas vezes elas nem tinham falas, ninguém as avisavam. Bishop dava um toque para que as atrizes voltassem aos seus trailers e que pedissem a alguém para que lhes chamassem quando fosse a hora de filmar. “Então, eu sempre tentaria fazer isso porque sei como é. Você se sente confortável sendo do elenco fixo e tem um nível de conforto que os atores convidados não têm,” disse ela.

    12. Quase Lorelai 👩🏻

    Warner Bros. Television Distribution

    Alguém já imaginou outra pessoa no papel de Lorelai que não seja Lauren Graham? Pois saibam que isso quase aconteceu. A atriz Mädchen Amick perdeu o papel pois ela não tinha idade suficiente para interpretar a mãe de uma adolescente. No final, Amy gostou tanto da atriz que a chamou de volta, mas como Sherry Tinsdale, namorada de Christopher.

    13. A origem do Kirk* 👷🏻‍♂️

    Warner Bros. Entertainment Inc.

    Sean Gunn faria apenas uma pequena participação no segundo episódio como Mick, o instalador de internet. Mas Amy Sherman-Palladino não conseguia tirá-lo da cabeça e o queria de novo em sua série. Ela recebeu uma sugestão da produtora de elenco Mara Casey (leia a história completa aqui), que se encaixou perfeitamente no enredo: o pai de Amy, o ator Don Sherman, que fazia diversas pontas na série Gimme a Break!, cada vez com um personagem diferente em uma profissão diferente.

    14. Toneladas de comida* 🍝

    Warner Bros. Entertainment Inc.

    Você raramente verá Lorelai e Rory colocando comida na boca até o final de uma cena. Isso acontecia para que elas não tivessem que comer de novo se porventura fosse preciso refazer algum take. Caso contrário, os atores teriam que comer um take atrás do outro, aumentando ainda mais o tempo das filmagens, já que a produção ficaria repondo a mesma quantidade de comida para não ter erro de continuidade. Lauren Graham sempre pedia tomates cereja, por serem pequenos. Assim, ela podia comê-los e rapidamente entregar todas as suas falas.

    15. Quase demitida após o quarto episódio* 🎬

    Divulgação / Warner Bros. Television

    Havia um embate entre Amy, o canal (The WB) e o estúdio (Warner Bros. Television) que quase acabou com seu sonho. Eles não aceitavam o fato de que uma mulher fizesse tudo do seu jeito e queriam proibir até as referências à cultura pop feitas na série, marca registrada dela. Isso aconteceu enquanto o episódio “The Deer Hunters” (T1E4) estava em produção. Amy bateu o pé e não cedeu às pressões. Por acharem que a série não fosse durar muito, eles acabaram deixando e pelo visto estavam errados, né?

    16. O jantar Bracebridge 📯

    Jenna Schoenefeld / The New York Times

    No episódio “The Bracebridge Dinner” (T2E10) a Independence Inn acaba sediando o Jantar Bracebridge porque a empresa que organiza o evento ficou presa em Chicago devido à nevasca. Pode parecer algo que só tem em Stars Hollow mas o jantar é real e ocorre anualmente durante o período natalino, no Hotel Ahwahnee em Yosemite desde 1927. Assim como em Gilmore Girls, acontece uma festa no estilo renascentista com uma cerimônia pomposa e um menu especial repleto de muita comida.

    17. O Festival de Arte Viva 🖼️

    FOAPOM

    Assim como o Jantar Bracebridge, o Festival de Arte Viva também é um evento real. O episódio vencedor do Emmy de Melhor Maquiagem, “The Festival of Living Art” (T4E7), foi inspirado em um festival sediado em Laguna Beach, na Califórnia. Em nosso Twitter há uma thread contando todos os detalhes.

    18. As camisas de flanela 👕

    © The WB / Justin Lubin

    Luke Danes usou 90 camisas diferentes ao longo dos 153 episódios de Gilmore Girls. O site LukesFlannel.com catalogou todas as camisas e chegou à conclusão que 57 delas foram usadas pelo menos duas vezes. A camisa mais usada é esta da foto, que apareceu em toda